Informações para orientadores

Direitos e deveres dos orientadores

O orientador credenciado como pleno poderá orientar até dez alunos. Adicionalmente, poderá coorientar até dez alunos, desde que a soma de orientações e coorientações não ultrapasse quinze. Já o orientador específico terá sua orientação atrelada a um único aluno.

Todos os orientadores são responsáveis por orientar seus alunos, desde a formulação e/ou reformulação do projeto de dissertação/ tese, desenvolvimento do projeto, escolha das disciplinas, preparação para o exame de qualificação, até a redação da dissertação/ tese.

Ao aceitar a orientação de um aluno, o orientador é também responsável por garantir a infraestrutura e recursos necessários para o desenvolvimento do projeto entregue pelo aluno para inscrição no exame de ingresso, e por avaliar o desempenho de seus alunos através do relatório de acompanhamento/ avaliação.

Todos os orientadores têm a obrigação de entregar no prazo os relatórios anuais de produção científica solicitados pela Comissão Coordenadora do Programa – CCP e, na medida do possível, atender às solicitações de pareceres feitos por essa comissão.

Todos os orientadores devem manter publicação científica de qualidade durante o período de credenciamento no programa, e os orientadores plenos devem ministrar ao menos duas vezes, em anos alternados, disciplina na Pós-Graduação durante o período de quatro anos.

Credenciamento e re-credenciamento no programa

Os pedidos de credenciamento e recredenciamento deverão ser endereçados ao coordenador do programa ou à CCP e entregues impressos na secretaria de Pós-Graduação do IB ou em formato PDF para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

A CCP se manifestará justificadamente em relação ao pedido após consulta a relatores.

Orientadores Plenos

O credenciamento como orientador pleno é valido por um período de três anos, podendo ser renovado. Caso não haja interesse em renovar o credenciamento ou o recredenciamento não seja aprovado, o orientador poderá concluir as orientações em andamento.

Para credenciamento como pleno, os orientadores devem contemplar os seguintes critérios:

1) Excelência de sua produção científica, sob a forma de artigos completos publicados em periódicos (nacionais ou estrangeiros) indexados, livros ou capítulos de livros especializados, trabalhos completos em anais de reuniões científicas, participação em congressos com apresentação de trabalhos, resumos de comunicações em congressos nacionais ou internacionais, artigos de divulgação ou palestras. Espera-se que o postulante tenha pelo menos cinco artigos completos em revistas indexadas na base Thomson Reuters – Web of Knowledge, além de 5 atividades adicionais (dentre as listadas acima) no ultimo período de 5 anos
2) Proposta de disciplina de pós-graduação

Para recredenciamento, além do item 1 acima, serão considerados:

3) Número de alunos titulados no período
4) Número de alunos evadidos
5) Produção científica derivada das teses ou dissertações por ele orientadas
6) Ter oferecido e ministrado, pelo menos duas vezes nos últimos 4 anos, uma disciplina de pós-graduação, individualmente ou, quando houver mais de um docente responsável, em anos alternados
7) Ter entregue os relatórios anuais de produção científica solicitados pela Coordenação

Para o pedido de credenciamento e recredenciamento, o postulante deverá entregar, impresso na secretaria de Pós-Graduação do IB ou em formato PDF para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , carta solicitando o credenciamento/recredenciamento e currículo Lattes atualizado.

Orientadores Específicos

A orientação pode ser específica para um determinado aluno. O pedido de credenciamento como orientador específico deve ser feito antes do exame de ingresso, e, se for aprovado pela CCP, entrará em vigor a partir da data da matrícula do aluno após aprovação no exame de ingresso.
Orientadores externos a USP serão preferencialmente credenciados como específicos.

Para credenciamento de orientadores específicos serão considerados:

1) Excelência de sua produção científica, sob a forma de artigos completos publicados em periódicos (nacionais ou estrangeiros) indexados, livros ou capítulos de livros especializados, trabalhos completos em anais de reuniões científicas, participação em congressos com apresentação de trabalhos, resumos de comunicações em congressos nacionais ou internacionais, artigos de divulgação ou palestras. Espera-se que o postulante tenha pelo menos cinco artigos completos em revistas indexadas na base Thomson Reuters – Web of Knowledge, além de 5 atividades adicionais (dentre as listadas acima) no ultimo período de 5 anos
2) Pertinência entre as linhas de pesquisa do postulante e o projeto proposto pelo futuro aluno

Para credenciamento como específico o postulante deverá entregar, impresso na secretaria de Pós-Graduação do IB ou em formato PDF para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , carta solicitando credenciamento especifico, currículo Lattes atualizado e projeto do futuro aluno.

Coorientadores

Para credenciamento de coorientadores de mestrado e doutorado serão considerados:

1) Excelência de sua produção científica, sob a forma de artigos completos publicados em periódicos (nacionais ou estrangeiros) indexados, livros ou capítulos de livros especializados, trabalhos completos em anais de reuniões científicas, participação em congressos com apresentação de trabalhos, resumos de comunicações em congressos nacionais ou internacionais, artigos de divulgação ou palestras. Espera-se que o postulante tenha pelo menos cinco artigos completos em revistas indexadas na base Thomson Reuters – Web of Knowledge, além de 5 atividades adicionais (dentre as listadas acima) no ultimo período de 5 anos
2) Número de alunos titulados no período
3) Número de alunos evadidos
4) Produção científica derivada das teses ou dissertações por ele orientadas
5) Pertinência entre as linhas de pesquisa do postulante e tópicos específicos do projeto do aluno.

Para credenciamento de coorientador o postulante deverá entregar impresso, na secretaria de Pós-Graduação do IB ou em formato PDF para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , carta solicitando credenciamento como coorientador, com breve justificativa da contribuição que dará na coorientação do projeto do aluno, currículo Lattes atualizado e projeto do aluno.


Alunos de mestrado matriculados à partir de 05/02/2015 ou que optaram pelo novo regimento poderão ter coorientador.

O credenciamento de coorientadores deverá ser feito até 80% do prazo regulamentar do curso (mestrado ou doutorado).