Histórico

O Instituto de Biociências (IB) foi criado em 1969, pelo desmembramento da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP. Compreendia, inicialmente, os Departamentos de Biologia Geral, Zoologia, Botânica e Fisiologia Geral, que substituíam o então reinante sistema de Cátedras acadêmicas vitalícias.  

Em 1970, após publicadas as diretrizes para a Reforma Universitária, foi implantado o sistema de Pós-Graduação no país. Na USP, a reforma universitária tinha por objetivo dinamizar o ensino expandindo as dimensões culturais, introduzindo nova estrutura organizacional, curricular e política. Foi neste ambiente que surgiram os quatro primeiros programas de Pós-Graduação do IB: Biologia/Genética, Botânica, Fisiologia Geral e Zoologia.

Ao longo de sua existência, os Coordenadores do Programa de PG em Zoologia foram Claudio Gilberto Froehlich (1970-1972), Gilberto Righi (1972-1978), Tagea K. S. Björnberg (1978-1980), Walter Narchi (1980-1981), Sérgio de Almeida Rodrigues (1981-1983), Liliana Forneris (1983-1987), Erika Schlenz (1987-2000), Fábio Lang da Silveira (2000-2003), Pedro Gnaspini Netto (2003-2007), Antonio Carlos Marques (2007-2010), Marcelo Rodrigues de Carvalho (2010-2016), Fernando Portella de Luna Marques (atual).

O Programa de PG em Zoologia foi, por muito tempo, o único Curso de Doutorado credenciado no país e, por isso, sua influência na disseminação do conhecimento zoológico brasileiro é enorme.