Notícias

Desmatamento pode afetar bactérias benéficas na pele dos sapos

cnlcpijjgnepjelcDesmatamento pode afetar bactérias benéficas na pele dos sapos

Já faz algum tempo que as bactérias, como grupo de seres vivos, deixaram de ser vistas exclusivamente como vilãs à saúde. E isso não é válido apenas para as que povoam o organismo humano. De acordo com a bióloga Ananda Brito de Assis, algumas bactérias da pele podem ajudar a proteger os anfíbios, atuando como uma primeira barreira de proteção contra microrganismos causadores de doenças – além de terem um grande potencial biotecnológico, já que ainda foram pouco estudadas.
Ananda é autora de pesquisa realizada no Instituto de Biociências (IB) da USP que atestou que a diversidade de micróbios da pele de espécies de sapos na Mata Atlântica do Brasil pode variar bastante de acordo com o hábitat. Mais do que isso, tal diversidade pode ser afetada pela qualidade do hábitat. Para chegar a essa conclusão, a bióloga comparou comunidades microbianas hospedadas por anfíbios habitantes de áreas fragmentadas e áreas preservadas de floresta atlântica."

Leia a íntegra da reportagem veiculada pelo Jornal da USP.

Biólogo brasileiro reúne imagens de todas as cobras já identificadas no Cerrado

edbdjaoiaalncplcBiólogo brasileiro reúne imagens de todas as cobras já identificadas no Cerrado

"Biólogo brasileiro reúne imagens de todas as cobras já identificadas no Cerrado
Nascido e criado no Cerrado brasileiro, o biólogo Cristiano de Campos Nogueira, do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências (IB) da USP, sempre se interessou pela região, principalmente pelas cobras que lá vivem."

Leia mais:Biólogo...

Livro

birdLivro

Editora da USP lança “Reservas Ecológicas da Universidade de São Paulo”

A obra foi organizada pelos Profs. Wellington Delitti e Vânia Pivello, ambos do Departamento de Ecologia do IB/USP.

"Preservar uma ampla biodiversidade, com espécies nativas e algumas ameaçadas de extinção, é o desafio que a USP vem travando. Se a população pode desfrutar da paisagem e dos benefícios das reservas ecológicas dos diversos campi com árvores centenárias, o canto e o voo de uma infinidade de pássaros, animais e insetos, é graças à preocupação de pesquisadores, ecologistas, botânicos, ambientalistas, administradores e tantos outros estudiosos e trabalhadores que se empenham e têm no cotidiano a manutenção e preservação desse patrimônio."

Leia mais:Livro