RSS

Paranthropus boisei

Viveu entre 2.3 e 1.2 milhões de anos no leste africano (Etiópia, Quênia, Tanzânia e Malawi). Possuí morfologia craniana adaptada para a mastigação de alimentos mais fibrosos, com molares grandes, cerca de quatro vezes o tamanho do molar de um humano moderno e a inserção de grandes musculos na face conferindo uma aparência hiper-robusta à espécie.

Paranthropus boisei ( KNM-ER 406)

Crânio quase completo de um macho adulto da espécie P.boisei. Encontrado em Koobi Fora, Quênia por Richard Leakey, em 1969, e datado em 1,7 milhões de anos. No topo  da caixa craniana, com capacidade cerebral de 510 cm³, observa-se a protuberante crista sagital próxima aos músculos temporais (um dos principais músculos da mastigação). Os molares são enormes, e os arcos zigomáticos são espessos e lateralizados permitindo a inserção e a passagem dos grandes músculos da face.

 

Paranthropus boisei ( KNM-ER 406)
Paranthropus boisei ...
Detail Download
Paranthropus boisei ( KNM-ER 406)
Paranthropus boisei ...
Detail Download
Paranthropus boisei ( KNM-ER 406)
Paranthropus boisei ...
Detail Download
Paranthropus boisei ( KNM-ER 406)
Paranthropus boisei ...
Detail Download
 
 
Powered by Phoca Gallery